A preocupação com a segurança e a privacidade do usuário trouxe um impacto significativo para o marketing digital, já que o uso de cookies será descontinuado a partir do segundo semestre de 2024.  

Diante desse cenário, modelos como a publicidade contextual emergem como caminhos possíveis em um mundo cookieless, já que ela permite criar conexão com o usuário sem invadir suas particularidades.  

Quer entender melhor essas mudanças e como usar a publicidade contextual a seu favor? Continue essa leitura que vamos te explicar tudo sobre essa nova realidade.  

O que são os cookies e porque serão descontinuados 

A cada novo acesso a um portal, blog ou site, você já se deparou com um aviso de permissão para ativar os cookies, certo?  

Bem, esse é um recado para informar que tal endereço eletrônico irá armazenar pequenos arquivos, conhecidos como cookies.  

Basicamente, eles são usados para várias finalidades, como lembrar suas preferências, melhorar a experiência do usuário e rastrear o comportamento do usuário. 

Ao mesmo tempo que gera benefícios para uma busca pontual ou jornada de compra, esse mecanismo permite que terceiros rastreiem seus hábitos online, o que além de oferecer anúncios intrusivos, provoca a perda da privacidade e segurança dos dados do usuário.  

Com novas regulamentações, como a LGPD (Lei Geral de Proteção de Dados), o Google, maior plataforma de busca do mundo, anunciou a descontinuidade dos cookies de terceiros em seus navegadores, abrindo espaço para alternativas mais amigáveis, entre elas a publicidade contextual.  

Leia também: Era cookieless: adotando estratégias de dados e entendendo o impacto das mídias

O que é publicidade contextual? 

A publicidade contextual é uma abordagem que se concentra no conteúdo em que os anúncios são exibidos, em vez de depender de dados de rastreamento específicos do usuário. 

Ao invés de segmentar anúncios com base no comportamento de navegação individual, a publicidade contextual considera o contexto do conteúdo da página em que o anúncio é exibido. Isso inclui fatores como palavras-chave, tópicos, contexto geral e intenção de pesquisa. 

A importância da publicidade contextual no mundo sem cookies 

Numa era cookieless, a publicidade contextual ganha força como um caminho mais amigável para o usuário. A seguir, separamos algumas das razões que tornam essa prática eficaz.  

  1. Maior respeito à privacidade do usuário: A publicidade contextual elimina a necessidade de rastrear indivíduos, priorizando a relevância do conteúdo em vez dos dados pessoais.

  2. Conexões mais autênticas com os consumidores: Ao exibir anúncios relevantes em contextos pertinentes, as marcas podem estabelecer uma comunicação mais personalizada para seu público, se baseando em interesses comuns e intenção de compra.

  3.  Maior precisão na segmentação de audiência: Ao considerar o contexto em que os anúncios são exibidos, as empresas conseguem segmentar leads com necessidades específicas, aumentando a precisão e relevância dos anúncios. 

  4. Proteção contra mudanças regulatórias: Ao reduzir a dependência de cookies de terceiros, as estratégias de publicidade contextual ajudam as empresas a se adaptarem mais facilmente as mudanças regulatórias e a restrições de privacidade emergentes. 

As soluções da publicidade contextual na era cookieless 

 Na era pós-cookie, a publicidade contextual irá se mostrar uma opção promissora para os profissionais de marketing alcançarem os usuários de forma direcionada, sem depender dos dados pessoais dos mesmos.  

 Confira a seguir as práticas e usos da publicidade contextual nesse novo cenário.  

Conteúdos alinhados  

 A publicidade contextual é altamente eficaz ao ser alinhada com o conteúdo de uma página da web. Isso significa que os anúncios exibidos são relevantes para o que o usuário está lendo, aumentando a probabilidade de engajamento e conversão. 

 Segmentação por tópicos  

 Em vez de filtrar os usuários com base em seus dados de navegação, a publicidade contextual pode se concentrar em tópicos específicos.  

 Como exemplo, ao visitar um site de bem-estar e esportes, o usuário receberá naquele momento, por meio da publicidade contextual, anúncios relativos a artigos esportivos ou espaços recomendados para a prática da atividade física.  

 Reforço do uso de palavras-chave  

 A publicidade contextual também pode ser impulsionada por palavras-chave de impacto  presentes no conteúdo da página. Isso permite que os anunciantes conquistem os usuários com base em termos específicos que indicam seus interesses no momento, sem interromper a jornada de busca bruscamente.  

 Análise de contexto avançada 

 Com o avanço da inteligência artificial e da análise de big data, os sistemas de publicidade contextual são capazes de entender o contexto de uma página com muito mais precisão.  

 Isso ajuda os anunciantes a segmentar com mais eficiência seus públicos-alvo, com base não apenas no conteúdo específico da página, mas também no envolvimento mais amplo do comportamento do usuário e das tendências de pesquisa. 

 Como podemos notar, a publicidade contextual se apresenta como um caminho favorável à criação de relacionamentos com o usuário.  

 Ao se concentrar no contexto e na relevância do conteúdo, as marcas podem construir conexões personalizadas com seus consumidores, mantendo a eficácia e os resultados de suas campanhas de publicidade digital. 

CTA | MATH ADS
Tags:
Ads e Mídia
Time MATH
Post by Time MATH
Novembro 13, 2023
Método científico aplicado em Mídia, CRM, Marketing e Tecnologia.